A representação da Virgem Negra como símbolo nacional

Publicado em 20 nov 2017

Layla de la Cruz
Entrada da Imagem de Nossa Senhora Aparecida na celebração da Consagração no Porto Itaguaçu, no dia 12 de outubro.

história da devoção a Nossa Senhora Aparecida sempre foi permeada por muitos períodos conturbados da história do Brasil, onde o apelo do povo era por paz, liberdade e união.

 

Mãe Negra, a partir do título de Padroeira do Brasil, motivou a unidade do povo brasileiro como sinal de força e coragem para os mais necessitados e discriminados.

Nossa Senhora Aparecida sempre teve grande representação no Brasil como na conciliação política nacional, na libertação dos escravos, na revolução de 1932, na ação da Igreja, entre tantos outros momentos.

No dia da Consciência Negra olhar para a imagem de Aparecida é recordar a Mãe Acolhedora e atenta, que vai ao encontro daqueles que precisam sem distinção.

Foi a partir de um povo simples, pelas mãos dos três pescadores, que a devoção teve início e nos dias de hoje, o Santuário Nacional reforça o compromisso da Mensagem de Aparecidapara a construção de um mundo mais justo.

Um exemplo disso é a presença da tradicional Romaria das Comunidades Negras, que acontece anualmente no início de novembro com a realização de uma missa afro que refletiu nesse ano, a luta contra o racismo, enalteceu o atual cenário no Brasil e enfatizou as pessoas que estão contribuindo para a garantia dos direitos humanos na dimensão étnico racial.

Em setembro o Santuário Nacional também recebeu a Pastoral dos Trabalhadores, no 23º Grito dos Excluídos, que inspirados pela Virgem Negra vieram refletir sobre a exclusão especialmente dos negros e pobres, demonstrando a partir da imagem de uma mulher negra a importância de resgatar o valor do povo.


fonte: a12.com

Deixe uma resposta



Delicious Digg Stumble Upon Google Bookmarks


COLINA PARK HOTEL | Rua Oliveira Braga, 270 Aparecida São Paulo - CEP 12.570-000
Tel: (12) 3105-1636 Fax.: (12) 3105-9203 | contato@hotelcolinapark.com.br